quarta-feira, 8 de fevereiro de 2017

Confira o que tem de melhor nas lojas Queiroz Fashion

Praça Rodolfo Graussá Nº 37 centro e Jataúba-PE


     


   

    

   



O carnaval de ofertas já começou na Rede Fácil


Confira Pisos a partir de 12,50, toda linha de pisos com descontos de até 20%. Argamassa piso sobre piso por 19,99. 










Ofertas validas para compras avistas em dinheiro.

Violência no trânsito: Dois acidentes são registrados na PE-160 em Santa Cruz


Um dos acidente foi registrado próximo a Rua Manoel Monteiro da Paixão. Fotos: Júnior Lino.

Durante a tarde desta quarta-feira (08) mais dois acidentes aconteceram na PE-160 em Santa Cruz do Capibaribe. As ocorrências contaram com as presenças dos agentes de trânsito que registraram as situações.

Um dos fatos ocorreu próximo a esquina da Rua Manoel Monteiro da Paixão, onde o condutor Emanuel Jeimison da Silva Santos (29 anos) que dirigia o seu carro, colidiu na traseira de uma moto de cor vermelha que estava sendo guiada por Jefferson Barbosa da Silva (19 anos). O condutor da moto teve apenas ferimentos leves e a situação foi resolvida no local.


O outro acidente ocorreu próximo ao giradouro da PE-160, o motociclista José Fábio Guenes de França (31 anos) seguia pela via em sua moto Bros, quando foi ‘trancado’ por um veiculo Corola de cor prata e placas não anotadas. Com o impacto, José Fábio caiu da moto e bateu contra um carro de cor preta que estava nas proximidades. Ele teve ferimentos leves no lado direito do corpo e foi socorrido pela Samu.

Blog do Ney Lima

 

.

Guarda Comunitária recupera uma moto Biz e três quadro de motos em Jataúba.



Nesta quarta-feira (08) a Guarda Comunitária de Jataúba recuperou uma moto Biz sem placa, e localizou em meio ao matagal três quadros de motocicletas em localidades diferentes.




Segundo as informações de Carlinho da Guarda, estas localizações dos quadros e a recuperação da Moto Honda Biz vermelha sem placa, aconteceram em parceria com a população fazendo denúncias anônimas, logos após serem informados e localizar os quadros das motos e a Biz, pediram apoio a policia civil e levaram até a delegacia para fazerem os procedimentos legais. 


Ainda segundo informações os quadros são de duas Bros e uma 150. 


Collar Blog Jataúba News.


.

Prefeito de Santa Cruz do Capibaribe continua com seus bens bloqueados na justiça


O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), tentou, mas ainda não conseguiu desbloquear seus bens na justiça. A apelação foi feita a Primeira Câmara Regional De Caruaru. Em decisão publicada nesta terça-feira (07), o juiz Moacir Ribeiro Da Silva Júnior decidiu pela manutenção da medida cautelar determinada pelo juiz da 2ª Vara Cível de Santa Cruz do Capibaribe, Hidelmar Macedo de Morais, em agosto de 2015.

Na decisão de hoje, o magistrado entendeu ainda que os valores dos bens bloqueados devem aumentar e determinou que “novas buscas patrimoniais” sejam feitas para alcançar, entre os bens dos envolvidos, o valor superior a R$ 6 milhões.

Confira o trecho do despacho:

“Diante disso, esquece o pleiteante do desbloqueio que há indícios de que só o prejuízo ao erário eventualmente praticado está orçado (sem juros e correção monetária) em R$ 1.685.887,80 (um milhão seiscentos e oitenta e cinco mil reais e oitenta e sete reais e oitenta centavos), ou seja, caso haja a eventual aplicação de multa civil, esse valor poderá ultrapassar R$ 6.743.551,20 (ressarcimento do dano + três vezes o valor do acréscimo ilegal). Sem falar que a responsabilidade entre os eventualmente condenados é solidária. Ou seja, o valor que o requerente afirma ser excessivo (R$ 3.237.530,45), em verdade é insuficiente. Diante disso, tenho que o pleito em questão merece ser indeferido. Por oportuno, diante da insuficiência do bloqueio realizado, procedo, desde logo, com novas buscas patrimoniais por meio do sistema Bacenjud com o objetivo de complementar os valores já bloqueados. Assim, ao tempo em que mantenho integralmente a liminar anteriormente concedida, recebo a petição inicial e determino a citação dos demandados para oferecerem reposta no prazo legal, com as advertências de praxe (art. 17, §9º, da Lei 8429/92)”.

O bloqueio de bens atende uma denúncia do Ministério Público de Santa Cruz do Capibaribe pelo envolvimento do chamado escândalo da “Farra das Locações”. Na época além do prefeito, a ex-chefe de gabinete da Prefeitura, Aurea Ferreira; de integrantes da Comissão de Licitação do município e dos sócios das empresas KMC Locadora, Malta Locadora e RC&MC Comércio e Locações de Veículos, também tiveram os bens bloqueados.

A liminar determinava inicialmente o bloqueio de R$1.685.887,80, montante que o MPPE constatou corresponder ao dano causado pelo grupo ao erário municipal, conforme ação civil pública ingressada pelos promotores de Justiça Bianca Stella Azevedo, Iron Miranda dos Anjos e Fabiano de Melo Pessoa.

A decisão proferida nesta terça-feira (07) ainda cabe recurso.

Blog do Ney Lima 


Contato: (81) 98225-6876 / 98927-1191

Esposa de vereador paraibano é condenada a prisão por receber Bolsa Família


A empresária Mirelle Barbosa da Silva, esposa de um vereador da cidade de Desterro, no Sertão paraibano, foi condenada em primeira instância a quatro anos e cinco meses de prisão. Ela é acusada de receber benefícios do governo federal, como o Bolsa Família e o Seguro Garantia Safra, sem se enquadrar nos critérios dos programas.

A denúncia partiu do Ministério Público Federal, que descobriu que a mulher estava inscrita nos programas sociais voltados para famílias de baixa renda. Condenada a cumprir a pena no regime semiaberto, a empresária, que recorreu da decisão, aguarda o novo julgamento em liberdade.
O marido de Mirelle Barbosa, o vereador Tiago Simões (PR), confirmou que a mulher recebeu os benefícios de 29 de março de 2011 a 29 de outubro de 2013. Durante esse período, ela teria recebido R$ 7.503 por meio dos programas sociais.

O legislador disse que, quando começou o relacionamento com ela, não sabia que a futura esposa tinha sido inscrita no Bolsa Família e no Garantia Safra. “Eu só vim a tomar par da situação verdadeira no ano de 2013. Na época que eu fui viver com ela, em 2010, eu não era vereador e nunca perguntei se ela recebia programas sociais”, contou.

Para ele, a mulher tinha direito de ter acesso aos benefícios. “Na época, era mais do que merecido. Até porque ela tem uma filha e o governo federal dava o Bolsa Família a ela porque ela realmente precisava. Ela se enquadrava, só que, quando eu fui viver com ela, o povo acha que ser vereador, com um salário de R$ 1.400, é tudo. Isso é irrelevante para mim”, afirmou. Mirella Barbosa não quis falar com a imprensa.

‘Tem muita gente que precisa’

Para ter acesso a esses programas, é preciso comprovar que precisa do benefício. No caso do Bolsa Família, o beneficiário deve estar em situação de pobreza extrema, com uma renda familiar mensal inferior a dois salários mínimos no ano anterior ao da concessão do benefício.

Já o Garantia Safra é direcionado a agricultores familiares. “É muita pergunta, quanto paga de luz, se cozinha com lenha, quantos filhos tem na casa”, explica a agricultora Edilúcia Pereira, que é beneficiária dos programas.

Moradora de uma comunidade pobre do município de Desterro, ela diz que conhece muita gente que precisa da ajuda do governo federal, mas não recebe os benefícios. “Gente que fez o cadastro há não sei quantos anos e não chegou. Por algum motivo, foi bloqueado. Precisa, e a gente que tá na vizinhança sabe. É revoltante”, comenta.


G1 PB


Rua da Celpe 114